Ilan Goldfajn Elected IDB President

Versão em português abaixo

Ilan Goldfajn was elected president of the Inter-American Development Bank (IDB) today during a Special Meeting of the Bank’s Board of Governors. The meeting was held at IDB Headquarters in Washington, D.C., with delegations attending virtually and in person.

Nominated by Brazil, Goldfajn will take office for a five-year term.  

As president, Goldfajn will manage the operations and administration of the Bank, which works with the public sector of Latin America and the Caribbean. In addition, he will chair the Board of Executive Directors of the IDB and the Board of Executive Directors of IDB Invest, which works with the region's private sector. The president also chairs the Donors Committee of IDB Lab, the Bank’s laboratory for innovative development projects.  

To be elected president, a candidate must receive a majority of the total voting power of the IDB’s member countries as well as the support of at least 15 of the 28 regional member countries (26 borrowing member countries, plus Canada and the United States). The IDB has a total of 48 member countries, with offices in all borrowing countries as well as in Europe and Asia.

The Board of Governors is the Bank’s highest authority. Each member country appoints a governor, whose voting power is proportional to the capital in the Bank subscribed by his or her country. Governors are typically finance ministers, central bank presidents, or other high-ranking economic authorities.

The Board of Governors holds annual meetings to review Bank operations and make key policy decisions. It also occasionally holds special meetings, including to elect a president.

Goldfajn will be the IDB’s seventh president. He follows Reina Irene Mejía Chacón a.i. (2022); Mauricio Claver-Carone (2020-2022); Luis Alberto Moreno (2005-2020); Enrique V. Iglesias (1988-2005); Antonio Ortiz Mena (1971-1988); and Felipe Herrera (1960-1971). 

 

 

About the IDB 

The Inter-American Development Bank is devoted to improving lives. Established in 1959, the IDB is a leading source of long-term financing for economic, social and institutional development in Latin America and the Caribbean. The IDB also conducts cutting-edge research and provides policy advice, technical assistance and training to public- and private-sector clients throughout the region. 

 

About IDB Invest 

IDB Invest, a member of the IDB Group, is a multilateral development bank committed to promoting the economic development of its member countries in Latin America and the Caribbean through the private sector. IDB Invest finances sustainable companies and projects to achieve financial results and maximize economic, social and environmental development in the region. With a portfolio of $15.3 billion in asset management and 375 clients in 25 countries, IDB Invest provides innovative financial solutions and advisory services that meet the needs of its clients in a variety of industries. 

 

About IDB Lab 

IDB Lab is the IDB’s innovation laboratory. The purpose of IDB Lab is to drive innovation for inclusion in the region, mobilizing financing, knowledge and connections to co-create solutions capable of transforming the lives of vulnerable populations due to economic, social or environmental conditions. Since 1993, IDB Lab has approved more than $2 billion in projects developed in 26 countries, including investments in more than 90 venture capital funds.  

 

Versão em português

 

Ilan Goldfajn é eleito Presidente do BID

 

Ilan Goldfajn foi eleito Presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) hoje durante uma reunião especial da Assembleia de Governadores do Banco. A reunião aconteceu na sede do BID em Washington, D.C., com delegações participando presencialmente e virtualmente.

Nomeado pelo Brasil, Goldfajn assumirá um mandato de cinco anos.

Como presidente, Goldfajn supervisionará as operações e a administração do Banco, que trabalha com o setor público da América Latina e o Caribe. Além disso, ele vai presidir o Conselho de Diretores Executivos do BID e o Conselho de Diretores Executivos do BID Invest, que trabalha com o setor privado da região. O Presidente também preside o Comitê de Doadores do BID Lab, o laboratório do Banco para projetos inovadores de desenvolvimento.

Para ser eleito Presidente, um candidato deve receber a maioria do total de votos dos países membros do BID, bem como o apoio de pelo menos 15 dos 28 países membros regionais (26 países membros mutuários, mais Canadá e Estados Unidos). O BID tem um total de 48 países membros, com escritórios em todos os países mutuários, bem como na Europa e na Ásia.

A Assembleia de Governadores é a autoridade máxima do Banco. Cada país membro nomeia um governador, cujo poder de voto é proporcional ao capital do Banco subscrito pelo seu país. Os governadores são tipicamente ministros de fazenda, presidentes de bancos centrais ou outras autoridades econômicas de alto escalão.

A Assembleia de Governadores realiza reuniões anuais para revisar as operações do Banco e tomar decisões importantes de política. Ocasionalmente, realiza reuniões especiais, inclusive para eleger um Presidente.

Goldfajn será o sétimo Presidente do BID. Ele segue Reina Irene Mejía Chacón a.i. (2022); Mauricio Claver-Carone (2020-2022); Luis Alberto Moreno (2005-2020); Enrique V. Iglesias (1988-2005); Antonio Ortiz Mena (1971-1988); e Felipe Herrera (1960-1971).

 

Sobre o BID

O Banco Interamericano de Desenvolvimento tem como missão melhorar vidas. Criado em 1959, o BID é uma das principais fontes de financiamento de longo prazo para o desenvolvimento econômico, social e institucional da América Latina e o Caribe. O BID também realiza projetos de pesquisas de vanguarda e oferece assessoria sobre políticas, assistência técnica e capacitação a clientes públicos e privados em toda a região.

 

Sobre o BID Invest

O BID Invest, membro do Grupo BID, é um banco multilateral de desenvolvimento comprometido com a promoção do desenvolvimento econômico de seus países membros na América Latina e no Caribe por meio do setor privado. O BID Invest financia empresas e projetos sustentáveis para alcançar resultados financeiros e maximizar o desenvolvimento econômico, social e ambiental da região. Com uma carteira de US$ 15,3 bilhões em ativos sob gestão e 375 clientes em 25 países, o BID Invest oferece soluções financeiras inovadoras e serviços de consultoria que atendem às necessidades de seus clientes em diversos setores.

 

Sobre o BID Lab

O BID Lab é o laboratório de inovação do Grupo BID, a principal fonte de financiamento e conhecimento para o desenvolvimento focado em melhorar a vida na América Latina e no Caribe. O objetivo do BID Lab é impulsionar a inovação para a inclusão na região, mobilizando financiamento, conhecimento e conexões para testar soluções iniciais do setor privado com potencial para transformar a vida de populações vulneráveis afetadas por condições econômicas, sociais e ambientais. Desde 1993, o BID Lab aprovou mais de US$ 2 bilhões em projetos implantados em 26 países da região, incluindo investimentos em mais de 90 fundos de venture capital.